Como preparar os cabelos para dormir

Adotar um ritual noturno de cuidado com os cabelos pode otimizar o tempo gasto com os rituais de beleza diário, são soluções que, além de economizam tempo, ajudam a preservar a integridade e a beleza dos fios. Confira aqui alguns hábitos que podem fazer com que o seu cabelo fique lindo ao acordar, além de mais saudável:

Cabelos lisos

  • Touca

touca

Truque passado de geração em geração, a touca mas não perde sua eficácia. Divida o cabelo e vá contornando a cabeça com o próprio cabelo, prenda espaçadamente com grampos, para manter os fios no lugar. Para finalizar amarre um lenço em torno da cabeça para garantir que o cabelo não se solte. Com esse procedimento simples você garante fios disciplinados e alinhados.

  • Coque soltinho

coque

É a maneira mais simples para os fios ficarem controlados e com volume sob controle no dia seguinte. Basta puxar os cabelos para baixo, como se fosse fazer um rabo de cavalo baixo e enrole as pontas para dentro, formando um coque. Prenda com grampos e, se quiser, com uma redinha. Mas tenha o cuidado para não apertar demais o coque para não provocar a quebra dos fios.

  • Coques “Maria Chiquinha”

coque chiquinha

Divida o cabelo ao meio, como se fosse prender “maria-chiquinha”, então torça o cabelo até o fim e vá enrolando no formato de um coque. Opte por elásticos mais suaves, que não marquem o cabelo. Pode ser um aplicado um spray fixador para potencializar o resultado

Cabelos ondulados

  • Cachos usando uma meia-fina

touca meia fina

Com o cabelo dividido no meio, use a perna de uma meia-calça, amarre atrás da cabeça passando pela testa. Separe o cabelo em mechas torcidas e passe toda a mecha pela meia, como se estivesse enrolando o cabelo na meia. Quando chegar na ultima mecha, passe-a inteira, até que acabe o cabelo. Essa técnica tem o mesmo efeito do babyliss com a vantagem de não precisar de uma fonte de calor. Se quiser que ondulado nos fios dure o dia todo, borrife um spray de fixação após finalizar o penteado.

  • Cachinhos de dedo

cachinhos de dedo

Separe o cabelo em mechas, enrole-as usando os dedos e prenda cada uma delas com grampos. O efeito é de cabelos ondulados no comprimento e cacheados nas pontas.

  • Trança

trança

Dormir com trança ajuda a ter ondas perfeitas, mas quando o penteado é feito em excesso ou com muita força, exerce pressão nos fios, podendo contribuir para a queda. Além disso, se os cabelos estiverem molhados, também enfraquecem. Para ondular a parte debaixo do cabelo e deixar a raiz lisa sem danificar os fios, é indicado fazer a trança tradicional, com os cabelos secos e de um jeito mais frouxo, sem apertar tanto as mechas durante o movimento de traçar o cabelo. E na hora de prender, vale a mesma regra: nada de elástico muito apertado.

 

Cabelos cacheados e crespos

  • Coque abacaxi

abacaxi

 

Leve o cabelo todo para o topo da cabeça e amarre com um elástico frouxo. É uma ótima tática para que os cachos não entrem em contato com o travesseiro e não se desfaçam. O segredo para manter a definição é fazer um rabo de cavalo frouxo, para evitar cabelos marcados.

  • Cocós

cocós

Outra opção para dormir é formar torcidinhos em todo o cabelo. Essa técnica também ajuda na definição, ao manter os cachos enrolados durante toda a noite. Para realizá-la, pegue mechas pequenas, faça um torcidinho, e depois prenda perto da raiz, formando enroladinhos que lembram nós. Como as madeixas ganharão mais definição, o ideal é respeitar a risca dos fios, para evitar que redemoinhos atrapalhem o caimento.

  • Rabo de cavalo baixo com vários elásticos

rabo elasticos

Outra opção é separar vários elásticos (a quantidade vai de acordo com o comprimento do cabelo) e prender os fios em um rabo de cavalo baixo. Em vez de deixar as pontas soltas, coloque elásticos em toda a extensão, sendo que um elástico deve ficar posicionado junto a cabeça e seguir num espaço de 5 centímetros. Use elásticos revestidos de tecido e sem partes metálicas para não quebrar os fios e não partir muito para não deixar os fios marcados.

Para todos os tipos de cabelos

  • Lençol de seda ou cetim – evita a quebra dos fios durante a noite. Os lençóis de algodão e fronhas irão absorver a umidade do seu cabelo e darão mais chance de ruptura dos fios, o que tira definição e causa frizz; já com tecidos como seda ou cetim os fios não sofrem fricção com a roupa de cama.  Se você não tiver acesso a fronhas nesse material vale procurar uma touca no mesmo material ou, ainda, esticar um robe de seda ou cetim em cima da cama.
  • Cremes noturnos – De textura leve, na forma de máscara ou leave-in, eles agem profundamente nos fios durante a noite e não precisam de enxague no dia seguinte porque são totalmente absorvidos pelo cabelo
  • Não durma com os cabelos molhados – Além da quebra dos fios, dormir com o cabelo molhado faz com que o couro cabeludo se transforme em um habitat quente e úmido, ideal para a proliferação de fungos, propiciando a seborreia local e causando a descamação do couro cabeludo, a temida caspa. O agravamento desses problemas pode resultar na queda dos fios.
QUER TER CABELOS BONITOS E HIDRATADOS? CONHEÇA O MIX OLEOTERAPIA BRASIL PARA HIDRATAÇÃO PROFUNDA.

Oleoterapia Brasil

A OLEOTERAPIA BRASIL desenvolveu uma linha de produtos 100% naturais a base de óleos vegetais para oferecer o melhor da nutrição capilar a serviço da beleza dos seus cabelos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *