Defina os cachos com permanente afro

permanente afro

Com a promessa de dar mais forma e leveza aos cachos, o permanente afro é um procedimento químico muito utilizado por quem tem cabelos crespos sem forma definida, conferindo um visual natural às madeixas. Não é indicado para cabelos encaracolados e com cachos definidos, porque o permanente afro serve para modelar o cacho e não há resultado visível nesse tipo de fio.

Por ser um tratamento químico, sua aplicação exige cuidados para não agredir os fios naturalmente frágeis, por isso é essencial procurar um profissional experiente e investir em produtos de qualidade durante e depois do procedimento. Para quem se animou, o primeiro passo é avaliar o estado dos fios para ter certeza de que o processo é indicado para o seu caso.

Saiba mais sobre o procedimento

O produto para relaxar é aplicado, mecha por mecha, até preencher todo o cabelo; depois de lavado, o cabelo é dividido em seções e o líquido para a ondulação é aplicado e enrolado com bigudins, utensílio usado para dar forma ao cacho (que podem ser pequenos, médios e grandes a depender do resultado desejado). Em seguida o neutralizante é aplicado por todo o fio. Na última parte do tratamento, são aplicados produtos para revitalização, seguidos de leave-in e uma loção modeladora para tratamento e condicionamento, definição do volume, aumento da qualidade do fio e modelagem dos cachos. Todo o procedimento dura de 3 a 4 horas.

Quem pode e quem não pode usar

Quem tem fios virgens, saudáveis, hidratados e tem cabelo crespo sem definição, de preferência muito volumosos, poderá realizar o permanente afro sem medo. Mas, como o procedimento é a base de amônia, é contra indicado para mulheres grávidas ou que estejam amamentando, quem usa tintura, descolore, alisa ou, ainda, tenha resquício de qualquer química nos cabelos, pois não reage bem com hidróxido de lítio, hidróxido de sódio e guanidina, sendo compatível com restrições com progressiva e descoloração, caso contrário ocorrerá corte químico, resultando na quebra dos fios.

Vale lembrar que esses procedimentos também não podem ser realizados depois do permanente; para quem tem cabelos brancos, o tonalizante é permitido, mas por precaução faça um teste de mecha e deixe agir por no máximo 15 minutos.

Manutenção

Alie hidratação, nutrição e reconstrução para fechar as escamas, evitando danos aos fios, tratando o ressecamento e também para repor nutrientes que tratam a fibra capilar. Use uma linha específica para cabelos crespos e quimicamente tratados e máscaras ou óleos hidratantes (como ojon, argan, gérmen de trigo e amêndoas doce) semanalmente para repor a água e a umidade perdida pelos fios.

É essencial intercalar produtos hidratantes e nutritivos, enquanto o primeiro fecha as escamas e suaviza os fios com aspecto áspero, o segundo repõe aminoácidos essenciais e sela as cutículas das fibras capilares. Produtos reconstrutores também são indicados, eles fortalecem os cabelos enfraquecidos por causa do tioglicolato de amônio.

Para finalizar use diariamente um modelador de cachos, esse produto combate o frizz, fios desalinhados, volume dos cachos, além de definir os caracóis, oferecendo também brilho e maleabilidade; também vale a pena investir num umidificador, para repor a umidade natural perdida com o procedimento químico, combatendo o ressecamento, a opacidade, fios fracos e quebradiços.

QUER DEVOLVER A SAÚDE PARA SEUS CABELOS? CONHEÇA O MIX OLEOTERAPIA BRASIL PARA CABELOS QUIMICAMENTE TRATADOS.

Oleoterapia Brasil

A OLEOTERAPIA BRASIL desenvolveu uma linha de produtos 100% naturais a base de óleos vegetais para oferecer o melhor da nutrição capilar a serviço da beleza dos seus cabelos.

8 comentários em “Defina os cachos com permanente afro

  • 9 de janeiro de 2016 a 20:38
    Permalink

    meu cabelo é fino .oleoso tem 7 meses sem quimica que produto eu posso usar para deixar ele cacheado, pois nao quero voltar a usar quimica novamente

    Responder
    • 9 de janeiro de 2016 a 23:26
      Permalink

      Olá, Celia! O cabelo que foi alisado quimicamente teve sua estrutura modificada e não tem como retornar ao formato natural. Para ter os seus cachos de volta o primeiro passo já foi dado quando você deixou a química de lado, mas para eliminar a parte processada é preciso cortar; você pode fazer isso aos poucos cortando as pontas periodicamente ou optar pelo “big chop” e cortar de uma só vez. Recomendamos o uso do “Mix Cabelos Cacheados da Oleoterapia Brasil” que é especialmente formulado com óleos vegetais para nutrir, hidratar e reconstruir cabelos cacheados e crespos que, além de tratar, fortalece os fios naturalmente frágeis, combate o ressecamento e o aparecimento do frizz, confere brilho e ajuda a definir os cachos.

      Responder
  • 11 de janeiro de 2016 a 9:18
    Permalink

    Meu Cabelo é um pouco oleoso, já tenho um bom tempo sem dar a química Progressiva .
    Posso Realizar o Precedimento com o Afro ? Ou terei danos .?

    Responder
    • 12 de janeiro de 2016 a 0:27
      Permalink

      Olá, Luana!Essa certeza você só poderá ter com a avaliação de um profissional que analisará o estado dos seus fios levando em consideração também o intervalo do seu último procedimento químico e qual o produto foi utilizado, só assim você poderá ter certeza de que o permanente afo é indicado para o seu caso, pois para não causar danos não pode haver nenhum resquício de química nos cabelos. A progressiva é compatível com restrições com o permanente afro, por isso para não correr o risco de um corte químico faça um teste de mecha.

      Responder
  • 12 de janeiro de 2016 a 23:22
    Permalink

    vcs tem salao proprio alguem para avaliar os cabelos ou so vende os produtos?

    Responder
    • 13 de janeiro de 2016 a 14:06
      Permalink

      Olá, Celia!!!
      Por enquanto só vendemos os produtos mesmo.
      Mas é recomendável sim que sempre se busque uma orientação de um especialista em casos de dúvidas, tanto em questão de procedimentos capilares quanto à aquisição e qualidade de produtos.
      Mas estaremos sempre disponíveis caso precise compartilhar conosco quaisquer dúvidas que possamos auxiliar.

      Responder
    • 14 de janeiro de 2016 a 3:23
      Permalink

      Oi Célia! Trabalhamos apenas com a venda dos nossos produtos e neste espaço aproveitamos para postar matérias que interessem as nossas clientes. Abraços!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *