Mitos e verdades sobre transição capilar

 

Se livrar da química para assumir a identidade natural dos cabelos é uma experiência realmente libertadora, mas não é tarefa fácil abandonar alisamentos ou relaxamentos porque o período de transição exige uma dedicação especial para se recuperar a textura original do fio, além de muita paciência. Reunimos aqui as questões mais comuns nesse período para ajudar a você resistir àquela vontade louca de trilhar o caminho “mais fácil”:

 

Usar produtos para cabelos cacheados recupera a textura natural

MITO. O cabelo que passou por algum processo químico tem a sua estrutura alterada, por isso para quem quer ter de volta o fio natural mas não tem coragem para fazer o  “Big Chop”, o único jeito é investir em técnicas de texturização e ir cortando a parte processada aos poucos, porque produtos como ativador de cachos e/ou umidificador não vão transformar a fibra alisada num fio cacheado, mas é importante apostar no uso de produtos específicos para cacheados e crespos para já tratar de forma adequada o cabelo natural que estiver crescendo.

 

É essencial investir num cronograma capilar

VERDADE. Investir em dias da hidratação, nutrição e reconstrução deixam os fios saudáveis, mais fortes, longe do ressecamento e são primordiais para manter os cachos definidos. O cronograma serve para repor água, vitaminas, nutrientes, lipídeos e massa da fibra capilar, daí a sua importante para manutenção do cabelo saudável e reestruturação do cabelo danificado e esse é o melhor caminho para ter o seu fio natural de volta.

 

Cremes ajudam a definir e controlar o volume dos cabelos

MITO. O excesso de finalizadores podem deixar os fios mais pesados e pouco definidos, além de causar oleosidade excessiva e até o aparecimento de caspas. O primeiro passo para definir os cachos é mantê-los nutridos e hidratados, dessa forma – além de combater o ressecamento e frizz, que dão a sensação de um cabelo mais volumoso -, o fio assume naturalmente o seu formato original.

 

Substituir o condicionador pela máscara concentrada deixa os cabelos mais hidratados 

MITO. Cada tipo de produto tem uma função para assegurar os cuidados devidos aos fios. Para que suas mechas fiquem devidamente tratadas, hidratadas e sedosas, não vale eliminar etapas. Produtos sem enxágue, como cremes para pentear ou óleos capilares podem e devem ser usados, mas não eliminam a necessidade de uso do condicionador que, entre outros fatores, ajuda a selar as cutículas capilares e é a base de todo o processo necessário à hidratação e saúde dos cabelos.

 

Um relaxamento leve ajuda a domar o volume sem danificar os fios

MITO. O relaxamento é um procedimento químico e como tal altera a estrutura do fio, se você está decidida e encarar a textura natural do seu fio tem que aceitar o fato de que o volume é uma característica desses tipos de fio, o que você pode fazer, enquanto o cabelo está com mais de uma textura e você ainda não conquistou o fio ideal, é investir em acessórios como lenços, tiaras, turbantes e presilhas, além de penteados estilosos.

 

Usar frequentemente chapinha ou babyliss para formar cachos interfere no formato natural dos fios

VERDADE. Querer igualar a textura do cabelo processado com equipamentos de calor pode prejudicar a definição dos seus cachos naturais. O contato direto do fio com a alta temperatura do aparelho resseca ainda mais os cabelos cacheados e crespos, interferindo no formato dos caracóis, além de causar a sua quebra.

 

Cabelos crespos e cacheados demoram mais para crescer

MITO.  Um cabelo saudável cresce, em média, de 1 a 1,5 cm por mês, independente do tipo de fio, a grande diferença é o “fator encolhimento” característico dos tipos 3 e 4, além de questões genéticas e hormonais que irão definir se você tem ou não um bom crescimento capilar. Mas é importante estar atenta que um dos grandes responsáveis para que as que as madeixas cresçam de forma saudável é o couro cabeludo, que deve ser bem nutrido para que os cabelos cresçam continuamente.

 

Os cabelos cacheados e crespos devem ser cortados secos

VERDADE. Os cabelos têm o volume e o peso diferentes antes e após a secagem, apresentando alteração no tamanho, o que influencia no efeito final do corte. A técnica esculpe os fios, dá forma e revela o caimento natural, deixando os cabelos mais leves. Para aqueles com mais de um tipo de textura, com níveis de ondulação distintos (como, por exemplo, liso na frente e um pouco mais ondulado na parte de traz), essa técnica é perfeita para se encontrar o caimento natural e a harmonização do corte, corrigindo inclusive o crescimento irregular dos fios.

 

QUER TER SEUS CACHOS HIDRATADOS? CONHEÇA O MIX OLEOTERAPIA BRASIL CABELOS CACHEADOS.

Oleoterapia Brasil

A OLEOTERAPIA BRASIL desenvolveu uma linha de produtos 100% naturais a base de óleos vegetais para oferecer o melhor da nutrição capilar a serviço da beleza dos seus cabelos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *