Saiba mais sobre a Cauterização Capilar

Desafetada-VS-24

 

A Cauterização capilar, também conhecida como Reconstrução Capilar, é um tratamento que acrescenta a proteína aos fios, a chamada queratina. Dessa forma, ele reconstrói a massa capilar, recupera as fibras e a elasticidade do cabelo e ajuda quem está com os fios mais danificados. O procedimento promete deixar os cabelos menos porosos e repõe a queratina perdida em processos químicos. Você pode esperar por cabelos mais brilhantes e menos porosos, além de mais macios e com aparência saudável.

 

Indicações e contraindicações

É indicado, especialmente, para fios extremamente sensíveis e quebradiços. Porém contraindicado para o cabelo que já está saudável e com queratina suficiente em sua fibra. Seu objetivo é tratar os fios muito danificados, principalmente após tratamentos químicos, como a escova progressiva, luzes e tinturas ou cabelos com muitas ponta duplas, pois  tais procedimentos mexem com as camadas do cabelo, danificando sua estrutura, e é exatamente nessa parte dos fios que a cauterização atua.

Mas a cauterização não deve ser aplicada nos cabelos no mesmo dia que sofreram outro procedimento, como tintura e alisamento. Também não pode ser feita se o couro cabeludo estiver ferido ou com qualquer doença.

 

Como é feita

A cauterização começa com a aplicação de um xampu de limpeza profunda e, logo em seguida, a queratina líquida é aplicada e permanece nos cabelos por alguns minutos. Depois que o produto age, as mechas são secadas e a camada superficial do fio é selada com a chapinha (que é aquecida a 90 graus Celsius) para que os nutrientes não se percam durante a lavagem. A prancha pode ser aplicada nos cabelos secos ou úmidos, dependendo da técnica usada pelo profissional. Depois o excesso de produto é retirado e o cabelo também é hidratado. O último passo é lavar e secar como preferir. O intervalo entre cada procedimento varia de 30 a 45 dias, conforme as condições dos fios.

 

Um bom profissional faz toda a diferença

O ideal é fazer esse procedimento com um profissional de confiança, pois o excesso de queratina pode torná-los extremamente rígidos, inclusive com quebra significativa. É importante, portanto, buscar sempre um equilíbrio entre queratina e emoliência, o que é normalmente encontrado por um profissional experiente.

Além disso, alguns profissionais podem cometer um erro na hora de fazer a chapinha. Esses aparelhos podem atingir uma temperatura de 230 graus Celsius, enquanto os cabelos aguentam no máximo 200 ºC. Ao usar a chapinha na temperatura máxima as fibras capilares são queimadas e o cabelo fica danificado, ou seja, o tratamento não adiantou de nada.

 

Fique Atenta!

  • A cauterização não alisa os cabelos, o tratamento apenas repõe a queratina, tratando o fio, mas não tem efeito alisante. Muitas vezes essa impressão pode ser causada devido ao uso da chapinha e também pela redução do frizz;
  • A cauterização é um procedimento complexo, como todo procedimento que manipula produtos químicos deve ser feita com um profissional habilitado, e jamais deve ser feita em casa ou em um local em que você não confia;
  • A cauterização minimiza os problemas nas camadas dos fios, porém a agressão feita por outros agentes pode ser complementada pela hidratação, portanto um procedimento não exclui o outro, continue fazendo hidratações regularmente, em casa ou no salão.

  

QUER DEVOLVER A SAÚDE PARA SEUS CABELOS? CONHEÇA O NOSSO MIX QUIMICAMENTE TRATADOS.

Oleoterapia Brasil

A OLEOTERAPIA BRASIL desenvolveu uma linha de produtos 100% naturais a base de óleos vegetais para oferecer o melhor da nutrição capilar a serviço da beleza dos seus cabelos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *